Home > Marist World > Brazil: Ir. Seán Sammon traz os desafios e recompensas da vida religiosa em Encontro

 



Wherever you go

Rule of Life of the Marist Brothers


 



 


Social networking

Marist Brothers

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Today's picture

Spain: Ad hoc commission on the Global Network of Marist Schools - Guardamar

Marist Brothers - Archive of pictures

Archive of pictures

 

Latest updates

 


Calls of the XXII General Chapter



FMSI


Archive of updates

 

Marist Calendar

5 December

Saint Gerald
International Day of Volunteers (UN)

Marist Calendar - December

Ir. Seán Sammon traz os desafios e recompensas da vida religiosa em Encontro

 

Archive: 2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004

14/11/2016: Brazil

 

cc49a3d7-cf4b-493c-8121-9ecbd4747502O Encontro Marista para Irmãos de Meia Idade promovido pela UMBRASIL visa a fortalecer a identidade e a pertença dos Irmãos, levando em consideração suas vidas e testemunhos para a Missão Evangelizadora na Instituição e na Igreja.

Durante sua fala, Ir. Seán Sammon, ex-Superior Geral do Instituto Marista, trouxe para o público reflexões sobre como o indivíduo que atinge a fase da meia idade analisa sua própria caminhada. “Todos se perguntam: para onde eu estou indo na vida? Como estou usando (ou desperdiçando) meus dons e talentos vivendo (ou traindo) meus sonhos? Pois eu digo a vocês que a meia idade é potencialmente o melhor capítulo da vida”, ponderou. Exemplificando por meio de suas próprias experiências, disse ainda que os indivíduos que ingressam na fase da meia idade – dentro e fora da vida religiosa – atravessam os chamados tempos de estabilidade e tempos de transição. “Tempos de estabilidade são aqueles nos quais nossos olhos estão voltados para o futuro. Já os tempos de transição constituem um processo psicológico onde o indivíduo muitas vezes se sente perdido, mas é nesse momento que ele deve reconhecer que isso faz parte da vida adulta e assim terá a melhor chance de ser criativo e de se reinventar”, acrescentou.

Na sequência, a psicóloga Patrícia Costa analisou o significado do termo amadurecimento humano sob a perspectiva da psicanálise. Ela coloca que trata-se do trânsito delicado e sutil entre o subjetivo (mundo pessoal) e o objetivo (realidade compartilhada). “É a capacidade de identificar-se com o outro, implicar-se, em relação com o mundo de forma efetiva e transformadora, sempre contando com um ambiente facilitador”. Para a palestrante, as pessoas maduras alcançam o reconhecimento de si como responsáveis pelo que fazem, e se beneficiam disso de forma criativa, o que conceituou como reparação.

Para o Irmão Natalino Guilherme de Souza, Coordenador da área de Vida Consagrada e Laicato da UMBRASIL, esta foi uma grande oportunidade para os irmãos na etapa da meia idade resignificarem sua vida e sua vocação e, ao mesmo tempo, encontrarem a pessoa que Deus sempre conheceu e amou, que é cada um mesmo. O Encontro foi realizado no Sítio Santo Agostinho (Rio de Janeiro), de 21 a 25 de setembro de 2016.

 

3dd2ede4-1f5d-44b6-92ed-710b44e471963f8cabfa-1423-40f4-9983-b193a2efa1ec8e932062-85b0-4cd2-822d-99327ff83a6e0c45a36f-5da7-4f45-ba88-a4f8a01b75259422f9f3-4807-48b7-9285-0f9a43b1e6e46ed92b31-562d-4f0f-94f6-cbed7348ff32

721 visits