Inicio > Mundo marista > Brasil: Arqui recebeu Bênção Apostólica do Papa Bento XVI

 

 


 



 


Ernesto Sánchez, Superior general

El nuevo comienzo ya ha comenzado
H. Ernesto Sánchez, Superior general



 

FMSI

Conectarse

Hermanos maristas

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Foto de hoy

Siria: Skill School, Maristas Azules en Aleppo

Hermanos maristas - Archivo de fotos

Archivo de fotos

 

Últimas novedades

Archivo de novedades

 

Calendario marista

13 diciembre

Santos: Lucía, Eugenio, Orestes

Calendario marista - diciembre

Arqui recebeu Bênção Apostólica do Papa Bento XVI

 

Archivo: 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004

24/10/2008: Brasil

 

A comunidade educativa do Arqui recebeu na semana passada uma especial Bênção Apostólica do Papa Bento XVI por ocasião dos 150 Anos de Fundação e 100 Anos de Gestão Marista. Bênção anexa!
É preciso saber que uma bênção apostólica faz parte da tradição da nossa Igreja e encerra uma teologia muito profunda. Bênção vem da palavra bem. Anseio acalentado no coração de todo ser humano, vocacionado para o bem. Na Bíblia, bênção tem o sentido de bem-dizer, de louvar a Deus e, igualmente de receber a proteção e as graças de Deus. Por isso, a fonte e origem de toda bênção é Deus, bendito acima de tudo, que fez todas as coisas para cobrir de bênçãos as suas criaturas.

São Marcelino Champagnat, cativado pelo amor de Jesus e de Maria, experimentou desde cedo a bênção de Deus em sua vida, sobre o Instituto dos Irmãos Maristas das Escolas, sobre os colégios maristas por ele fundados. Repetidas vezes rezou e recomendou o Salmo 126, tamanha era a sua confiança na bênção de Deus: Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem (Sl 126,1). Não é sem razão que o título desse salmo é A fonte de todo bem, isto é, a bênção de Deus.

Muitas vezes, o nosso trabalho não produz o que esperamos e nossas obras não dão o fruto que planejamos, porque confiamos apenas em nós mesmos e nos esquecemos de pedir a Bênção dAquele que é o Senhor de tudo e de todos. Muitas vezes Deus permite que nossos projetos fracassem para que aprendamos que sem a Sua Bênção nada podemos fazer. Sem Mim, nada podeis fazer (Jo, 15, 5).

É próprio daquele que é humilde e modesto pedir a bênção de Deus para sua vida, empreendimentos e atividades. Da mesma forma, é próprio daquele que é orgulhoso e auto-suficiente contar apenas consigo mesmo e esquecer-se da graça de Deus. Ser simples, ser humilde é reconhecer que toda dádiva boa e todo dom perfeito vem de Alto: desce do Pai das Luzes (Tg 1,17).

São Marcelino Champagnat em seus ensinamentos dizia que o Papa é para o mundo espiritual o que o sol é para o mundo físico. As Constituições do Instituto dos Irmãos Maristas (10) recordam: Como São Marcelino, temos profundo respeito e amor ao Papa, em quem reconhecemos nosso Superior Supremo, ao manifestar a nossa fé e cooperação para a unidade do Corpo de Cristo pela adesão ao ensinamento e às diretivas da Igreja.

Sensibilizados, agradecemos ao Papa Bento XVI tamanho dom e lhe desejamos um abençoado governo pontifício. Que sua bênção, palavras e exemplo velem solícitas sobre nós e faça penetrar em nosso coração a verdade do Evangelho.

Que a bênção de Deus e do Papa permaneçam sobre o Arqui e o Ano Jubilar em curso, sobre os estudantes, educadores, pais, funcionários, dirigentes, antigos alunos, Irmãos e sobre os anos vindouros do Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo.

_________
Irmão Benê Oliveira, fms

792 visitas