H. Henri Vergès
Beatificación
8 de diciembre

 

 



 


Conectarse

Hermanos maristas

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Foto de hoy

Timor Oriental: Encuentro vocacional marista

Hermanos maristas - Archivo de fotos

Archivo de fotos

 

Últimas novedades

 


Llamadas del XXII Capítulo General



FMSI


Archivo de novedades

 

Calendario marista

17 noviembre

Santos: Isabel de Hungría, Roque
1889: beatificación del P. Pedro Chanel

Calendario marista - noviembre

Hermanos fallecidos

 
2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018

H. Vicente Caresia

 Fecha de la muerte: 26/12/2017
Lugar: Brasil, Curitiba
Provincia: Brasil Centro-Sul
Edad: 93FMS
Leer el documento enviado por la Provincia


A Província Marista Brasil Centro-Sul, anunciou o falecimento do IR. VICENTE CARESIA, no dia 26 de dezembro de 2017, no Hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba. O atestado de óbito registra septicemia e pneumonia; o padrão respiratório alterado precipitou uma parada cardíaca.

Nascido em Brusque, SC, em 04/01/1924, era filho de Manoel Caresia e Maria Raymondi Caresia. A família, bem numerosa, foi abençoada com 10 filhas e 06 filhos; destes, três seguiram a vocação marista, sendo o Ir. Vicente o mais idoso. Entrou na casa de formação, em Curitiba, em 22 de setembro de 1936; fez seu Noviciado em 1942, em Mendes, e emitiu os votos perpétuos, na comunidade de Franca, SP, no dia 09 de janeiro de 1949.

Em Curitiba, fez o Curso de Pedagogia, na então “Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras”, hoje PUCPR. Participou da sessão do segundo noviciado na França, em 1962. Dotado de notório espírito prático e inventivo, procurou um curso de Artes Industriais, realizado em 1968, na cidade de Belo Horizonte. As habilidades que desenvolvera por intuição própria receberam então admirável enriquecimento.

Exerceu seu apostolado em várias cidades: Franca, Santos, Curitiba, São Paulo, Ribeirão Preto, Cascavel (por 15 anos), Londrina e Ponta Grossa. Em 1993 ainda teve a oportunidade de participar da Sessão de 3ª idade, em Roma. A partir dos oitenta anos repousou e cuidou da saúde, na enfermaria provincial, em S. José dos Pinhais.

O superior provincial, Ir. A. Benedito de Oliveira, recordou e aplicou ao Irmão Vicente o que o Pe. Champagnat dizia de um Irmão:

“Um Irmão é uma alma predestinada a grande piedade, a uma vida muito pura e sólida virtude; é alma sobre a qual Deus tem desígnios particulares de misericórdia; alma chamada a conhecer Jesus Cristo, a amar a Deus, a devotar-se por inteiro e para sempre a serviço Dele; é uma alma predestinada a grande glória, à qual nada pode satisfazer sobre a terra.”