Llamadas del XXII Capítulo General

 


 



 


Conectarse

Hermanos maristas

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Foto de hoy

México: FORMARME 10

Hermanos maristas - Archivo de fotos

Archivo de fotos

 

Últimas novedades


FMSI


Archivo de novedades

 

Calendario marista

21 julio

Santos: Lorenzo de Brindis, Víctor, Práxedes
1951: salida de los primeros hermanos para el Japón

Calendario marista - julio

Hermanos fallecidos

 
2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018

H. Nelso Crestani

 Fecha de la muerte: 08/05/2018
Lugar: Brasil, Curitiba
Provincia: Brasil Centro-Sul
Edad: 74FMS
Leer el documento enviado por la Provincia


Faleceu na manhã de 8 de maio de 2018, em Curitiba, PR, o IR. NELSO CRESTANI. O desenlace ocorreu às 5h27, no Hospital S. Marcelino Champagnat, onde o Irmão estava internado, há duas semanas, quase sempre na UTI. Seu mal era interpretado, prevalentemente, como de cunho psicológico. Com efeito, há mais anos, sofria de insuficiência de serotonina, em consequência de uma operação na hipófise, favorecendo um quadro depressivo.

A certidão de óbito acusa como causa mortis um choque cardiogênico (R57.0), bradicardia não especificada (R001), septicemia (J41.9) e estado de mal epiléptico (G41).

O Irmão nascera em Nova Prata, RS, no dia 20 de abril de 1944; completara, pois, há poucos dias, 74 anos. Seus pais foram Pedro Jacob Crestani e Orsolina Zanatto Crestani, ambos falecidos. Foi batizado em Nova Prata com 17 dias; crismado, aos 7 anos.

Entrara no Juvenato de Joaçaba, em 1956, e fez o Postulado e Noviciado em Passo Fundo, nos anos de 1961 e 62. A profissão perpétua foi em 5/1/1968, em Porto Alegre, RS.

Formou-se em História Natural, em 1975, na PUCPR, Curitiba e, anteriormente fizera o Curso do ISPAC, nessa mesma cidade, em 1968. Teve oportunidade se estudos de Espiritualidade e de Teologia da Vida Religiosa, em Roma. Foi professor, regente de alunos internos e atuou na formação de candidatos à vida marista por 17 anos. Viveu longo período, em Joaçaba, exercendo funções religiosas e comunitárias. Em 2016 passou à “Residência São José”, em S. José dos Pinhais, para cuidar da saúde.

Nascido em família numerosa, teve dois outros manos na vida marista e duas Irmãs religiosas. Religioso convicto, organizado e empenhado, cultivou o esporte, o canto e outras expressões artísticas com seus formandos.

Recomendemo-lo a Deus por intercessão da Boa Mãe e de São Marcelino Champagnat. - Descanse em Paz!

Ir. Aloísio Kuhn – Sec.