Home > E-maristes > Champagnat > Letters of Champagnat > Carta de Marcelino - 036

 


Wherever you go

Rule of Life of the Marist Brothers


 



 


Social networking

Marist Brothers

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Today's picture

Syria: Aleppo

Marist Brothers - Archive of pictures

Archive of pictures

 

Latest updates

 


Calls of the XXII General Chapter



FMSI


Archive of updates

 

Marist Calendar

11 November

Saint Martin of Tours

Marist Calendar - November

Carta de Marcelino - 036

 

Br. Marcellin Champagnat
06/03/1834


In other languages
English  Español  Français  

O Padre escreve ao Irmão Dominique para exortá-lo a aceitar sempre com fé a vontade de Deus.
Diziam as más línguas daquele tempo que o Frère Dominique só se achava bem lá onde não estivesse.
De Charlieu, onde se encontrava, dirigiu-se o Irmão Dominique a lHermitage, a fim de pleitear junto do Fundador sua troca para outro estabelecimento. Depois de alguns dias, acabou voltando para Charlieu, de onde viera.

V. J. M. S.
Notre Dame de lHermitage, 6 de março de 1834.
Meu caríssimo Irmão Dominique,
Foi um prazer muito grande para mim receber sua carta. Está muito bem escrita. Caro amigo, estou vendo que você caprichou mesmo.
Sua vontade de vir passar o verão na casa mãe, me agradou bastante. Não posso lhe prometer nada, pois não sei se será possível. Seja como for, prezado Dominique, mantenha-se sempre na disposição necessária de não querer senão o que Deus dispuser por intermédio de seus superiores. Você me tem amor; de minha parte, posso garantir que lhe pago com muito amor.
Desejo ardentemente que você se forme bem, mas sem querer senão aquilo que Deus quer. Em tudo o que nos puder magoar, digamos sempre: que se cumpra a santa vontade de Deus!
Imagino que você esteja de novo com muitos alunos, com muito trabalho, que os outros Irmãos estejam bem de saúde assim como você.
Nenhuma notícia especial sobre os outros estabelecimentos. Aqui, temos alguns Irmãos doentes, mas nenhum em estado grave. Tudo vai indo mais ou menos. Que Deus e sua santa Mãe sejam benditos mil e mil vezes. Continuamos a receber numerosos noviços. Continuam chegando pedidos de novas fundações. Contamos com você para o ano. Confio firmemente que Deus o ajudará. Transmita mil saudações ao querido Irmão Louis. Agora que recuperou a saúde, se cuide e também da saúde dos outros. Também quero muito bem aos Irmãos Apolinaire e Nizier.
Adeus! Deixo-os todos nos Sagrados Corações de Jesus e de Maria. Tenho a honra de ser, meu caro Irmão Dominique, seu dedicado pai em Jesus e Maria,
Champagnat, sup.

3244 visits