Home > E-maristes > Champagnat > Letters of Champagnat > Carta de Marcelino - 247

 


 



 


Social networking

Marist Brothers

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Today's picture

Sri Lanka: Negombo

Marist Brothers - Archive of pictures

Archive of pictures

 

Latest updates

 


Calls of the XXII General Chapter



FMSI


Archive of updates

 

Marist Calendar

16 July

Our Lady of Mount Carmel
1755: Birth of Jean Baptiste III Champagniat, father of Marcellin

Marist Calendar - July

Carta de Marcelino - 247

 

Br. Marcellin Champagnat
10/03/1839


In other languages
English  English  Español  Français  

Vai aqui um exemplo do empenho do Padre Fundador em acompanhar a vida espiritual dos Irmãos.
Como o Irmão Basin (carta no 144), o Irmão Avit acabava de fazer profissão, havia apenas cinco meses.
“Pélussin foi o meu primeiro estabelecimento, escreve o próprio Irmão Avit, nos seus Annales. Meu primeiro Diretor foi o Irmão Pie.
A carta que vamos ler é resposta do Padre Champagnat. Primeiro concede as licenças que o Irmão terá pedido e depois passa aos conselhos de ordem espiritual ou princípios de vida religiosa.
Em carta nenhuma deixava ele de dar orientações aos Irmãos, para animá-los na piedade e no exato cumprimento das obrigações.

V.J.M.
Notre Dame de lHermitage, 10 de março de 1839.
Meu caríssimo Irmão Avit,
Recebi suas duas cartas, cada uma em sua respectiva data, e não as esqueci. Desejaria dar-lhe a resposta seguinte: Concedo-lhe a licença de fazer a santa comunhão, como você está pedindo.
O pensamento da morte e da Paixão de Jesus Cristo é um meio excelente para rechaçar todo pensamento estranho e contrário à santa virtude. Outro bom meio para adquirir as virtudes religiosas, como você bem sabe, caro amigo, é a prática da santa presença de Deus, recomendada por todos os mestres da vida espiritual. Embora seja apenas um conselho para as pessoas do mundo, para os religiosos é um preceito. Exercite-se, pois, nesta prática, durante o resto da quaresma.
Deixo-o, meu caro Irmão, nos Sagrados Corações de Jesus e de Maria, e sou seu mui devotado servidor,
Champagnat

2962 visits